O Evangelho da Alma – Notícia do Estudo em Belo Horizonte

 “Há um significado interno em todas as coisas” – Folhas do Jardim de Morya (1924)

O Grupo Juventude pela Paz de Belo Horizonte, Minas Gerais, Brasil, promoveu o estudo temático “O Evangelho da Alma” no dia 20 de dezembro. O subtítulo do tema fala um pouco sobre o conteúdo exposto: “A história do Cristo vivo no próprio reino interior”.

As Escrituras Sagradas são reflexos de grandes verdades universais e abarcam diferentes níveis de compreensão. Nesse sentido, podem-se elencar três contextos: o histórico, o religioso (ou doutrinário) e o místico (ou mítico). O foco desse encontro foi o contexto místico ou mítico.

O aspecto místico das Escrituras Sagradas se fundamenta naquilo que na antiguidade era conhecida como Lei da Analogia. Essa Lei foi explicitada na Tábua da Esmeralda de Hermes Trismegisto, um iniciado que sintetizou o conhecimento esotérico do Antigo Egito, e que se resume na frase: “O que está embaixo é como o que está em cima”.

Os mitos sãos instruções simbólicas sobre as etapas da evolução da consciência e revelam os aspectos constituintes do reino interior de cada ser. Assim, os mitos trazem histórias, eventos, cenários que são símbolos do caminho ascensional da consciência: heróis, monstros, campos de batalha, exércitos, templos, montanhas, pântanos, seres divinos, etc. A mitologia sempre foi usada na instrução dos povos em todas as épocas.

Durante o estudo foram indicadas chaves interpretativas acerca da simbologia encontrada nos Evangelhos. Os textos evangélicos trazem as distintas etapas de redenção e transformação internas vividas pelo ser a partir do despertar da Consciência Crística. Além disso, foram exibidos vídeos ilustrativos sobre duas parábolas da Misericórdia encontradas nos Evangelhos: a do Bom Samaritano e a do Filho Pródigo.

Breno Bucek, de Belo Horizonte e participante do Grupo Juventude pela Paz, comentou: “É um momento de entrar em contato com a própria alma, de encontro consigo mesmo, e não apenas um estudo intelectual. É uma oportunidade de aprendizado que podemos pôr em prática no cotidiano.”

 


Conteúdo Relacionado: 

Grupo Juventude pela Paz Belo Horizonte

 

 

 

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s