Um olhar de Paz

DE JOVEM PARA JOVEM:

CONSTRUINDO UM OLHAR DE PAZ, POR MEIO DE UMA OFICINA DE FOTOGRAFIA

 

Um dos princípios da Campanha da Juventude pela Paz é que os próprios jovens auxiliem na elevação da consciência de outros jovens. Esse foi o ponto de partida para a criação da oficina de vídeo e fotografia realizada por integrantes do grupo jovem de Belo Horizonte, na Casa das Crianças, espaço de serviço que acolhe crianças e jovens em situação de vulnerabilidade social. A oficina aconteceu durante os meses de outubro e novembro de 2016 para uma turma de 12 jovens da região.

A proposta da Oficina surgiu do fotógrafo Deiler Dias, de 24 anos. A idéia era a seguinte: trabalhar a construção do olhar de Paz por meio da arte fotográfica e áudio-visual. Durante o curso, foram compartilhadas diversas técnicas fotográficas com os alunos. Contudo, o foco principal foi ajustar o olhar para reconhecer e registrar a Paz no próprio cotidiano.

tecnica-de-perspectiva-alunos-se-esforc%cc%a7am-para-empurrar-as-limitac%cc%a7o%cc%83es-1
Técnica de Perspectiva

“Tentamos mostrar para os jovens, que não importa onde você mora, a roupa que você usa, o celular que você tem, a Paz existe e permeia todas as coisas. Precisamos só parar um pouquinho, mudarmos a forma como olhar para o mundo ao nosso redor, que iremos perceber que a Paz está manifestada em muitas coisas” – reflete Deiler Dias.

 

A PEDAGOGIA DE REGISTRAR A PAZ NO COTIDIANO

 

Segundo os organizadores, realizar uma oficina de jovem para jovem foi um desafio e uma oportunidade de crescimento. Clara Uhrmed, de 33 anos, co-organizadora da oficina diz:

 “Os participantes tinham idade entre 12 e 19 anos. Era uma turma muito heterogênea. Para driblar as exaltações e dispersões que surgiam, logo percebemos que o melhor caminho era deixá-los assumir responsabilidade. Assim, criamos o que foi chamado de Desafio da Semana. Desta forma, eles passaram a registrar ao longo da semana várias fotografias do cotidiano utilizando o celular, sempre tendo a Paz como foco”.

Após o período das aulas, realizadas das 14h às 17h, durante as segundas-feiras, grupo participou do encerramento das atividades no dia 10 de dezembro. Na ocasião, foi apresentando um vídeo clip para um público composto por frequentadores e colaboradores da Casa das Crianças. Este pequeno áudio-visual era composto por imagens registradas pelos jovens alunos ao longo desses dois meses:

“Por meio da oficina, eu aprendi a olhar para coisas de outro jeito, com mais amor”, revela a aluna Juliana Souza, de 12 anos.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s